ainda lembro direitinho da sensação de vazio que me acometeu quando cheguei ao fim do VHS de The Graduate que meu pai havia comprado naquela promoção de Clássicos Caras. assisti ao filme ainda criança, em casa, numa tarde sem supervisão de ninguém (não pelo conteúdo do filme, mas pela folga de ligar a TV sem qualquer impedimento) e nunca me saiu da cabeça que do eufórico vôo de Ícaro pela conquista da liberdade, Elaine e Ben despencam na realidade de terem que começar uma vida longe de todas as seguranças que tanto disseram para eles a vida inteira como eram importantes. o olhar perdido, o silêncio pesado… aiai.